quinta-feira, 5 de novembro de 2015

151 - Mapa Astral


SEU JEITO DE SER, PENSAR, SENTIR E AGIR.

O Mapa Astral é a decodificação da sua personalidade e temperamento, dos seus talentos e carências, das suas possibilidades e dificuldades, do seu karma e processo evolutivo. Ele é fundamentado no arquétipo dos planetas no céu no momento do seu nascimento. O Mapa Astral é um mergulho em sua individualidade, proporciona autoconhecimento, consciência e entendimento portanto, é fundamental para sua felicidade, prosperidade e sucesso. O PsicoAstrólogo Mestre Tacvam Aziryfe analisa a sua programação astral e escreve um “Manual Completo de Funcionamento” que pode conter de 100 a 200 páginas, conforme o caso. Há também um sessão presencial ou Skype. Compreenda o seu jeito de amar, se comunicar, lidar com emoções, pessoas e com os desafios evolutivos na vida pessoal e profissional. O Mapa Astral é único e vale para toda a vida. Ele não muda. Mas com ele você muda muito, justamente por proporcionar autoconhecimento através de uma análise profunda do “Self”. Proporcione a você mesmo, ou a quem você ama, esse presente de Natal/Ano Novo. Fazendo o seu Mapa Astral Vitalício agora você ganha também o “Mapa Estratégico” para 2016


domingo, 1 de dezembro de 2013

150 - Burnout - Workaholic e Manglik







Workaholic é uma expressão americana que teve origem na palavra “alcoholic” (alcoólatra). Serve para designar alguém viciado, não em álcool, mas em trabalho,  que é um excesso comum na sociedade e um estado "Manglik Dosha" potencialmente desagregador dos relacionamentos.

Pessoas viciadas em trabalho sempre existiram e são  motivadas pela alta competitividade, necessidade de sobrevivência, autoafirmação, ou  de provar algo a alguém ou a si mesmo.
Como resultado  não conseguem se desligar do trabalho, mesmo fora dele, e assim deixar em segundo  plano as amenidades da vida, parceiro, filhos, pais, amigos. Os melhores amigos passam a ser que de alguma forma aqueles que tem ligação com o próprio trabalho.

De alguma forma sofre por criar para si mesmo, e para outros, uma qualidade de vida muito ruim, pois as pressões do dia a dia e  senso de responsabilidade exagerada fazem com que  desenvolva somatizações como insônia,  mau humor, atitudes agressivas em situações de pressão ou quando frustram-se os resultados que esperava, e chegam assim a desenvolver a “Síndrome de Burnout” que  baixa violentamente a vitalidade e energia.

A síndrome de Burnout  define o “estado da mente”  que apresenta componente poderoso de estresse com consequências marcantes na vida da pessoa e se caracteriza por exaustão emocional, avaliação negativa de si mesmo, agitação e ansiedade. Esta síndrome está na maioria das vezes ligada a como a pessoa encara a própria realidade subjetiva.

O termo Burnout é a junção de burn (queima) e out (completa), sugerindo um poderoso estresse que leva ao esgotamento físico, mental e emocional. Induz comportamentos agressivos ou irritadiços. Essa síndrome se refere a um tipo de estresse ocupacional com predileção para profissionais que mantêm uma relação constante e direta com outras pessoas, principalmente quando esta atividade é considerada de ajuda: empresários, autônomos, médicos, enfermeiros, psicólogos, profissionais de TI, policiais, taxistas, bancários, controladores de tráfego aéreo, engenheiros, músicos, professores, artistas, etc. Eles lidam com ambientes e  energias densas  e sofrem com  problemas alheios, além dos próprios desafios pessoais, vivenciando  angústia e tensão sem pausa para descanso e reposição das próprias energias. Muitas vezes descobrimos pela PsicoAstrologia que a pessoa está na condição Manglik Dosha e não sabe.

Burnout é geralmente desenvolvido como resultado de um período de esforço excessivo no trabalho, quer seja profissional ou não, com intervalos muito pequenos para recuperação. Existe via de regra uma “ausência de personalização” (ato de auto abandonar-se em pró de alguma coisa) dedicando-se exclusivamente ao trabalho.

O desejo de ser o melhor e sempre demonstrar alto grau de desempenho ou perfeccionismo é um fator desencadeante da síndrome de Burnout no Workaholic. O portador de Burnout pode medir a auto estima pela capacidade própria de realização e sucesso. A necessidade de se afirmar, e o desejo de superação profissional pode extrapolar para obstinação e compulsão.
São 12 (doze) os estágios progressivos de Burnout:
  1. Necessidade de se afirmar ou provar ser sempre capaz (mártir);
  2. Dedicação intensificada - com predominância da necessidade de fazer tudo sozinho e a qualquer hora do dia ou noite (imediatismo);
  3. Descuido com as necessidades pessoais - comer, dormir e lazer  perdem sentido;
  4. Recalque de conflitos – a pessoa percebe que algo não vai bem, mas não enfrenta o problema, apenas o racionaliza (justifica);
  5. Mudança radical na hierarquia de valores (PNL) - Isolamento, não dar ouvidos a ninguém. O que antes tinha valor sofre desvalorização: lazer, casa, amigos. A única medida da auto-estima pode ser o trabalho;
  6. Negação de problemas - nessa fase os outros podem ser desconsiderados, tidos como incapazes ou com desempenho inferiores ao seu. 
  7. Os contatos sociais são de alguma forma repelidos, intolerância, impaciência e agressão são os sinais mais evidentes;
  8. Recolhimento e anti socialização;
  9. Mudanças de comportamento (falta bom senso e bom humor);
  10. Despersonalização (o descuido de si mesmo – auto abandono);
  11. Vazio interior e sensação de que tudo é insuficiente e desgastante;
  12. Depressão reativa, indiferença, desesperança, exaustão;
  13. E, finalmente, o Burnout ocorre (síndrome do esgotamento), que corresponde ao colapso físico e mental.

O  Workaholic sempre termina em Burnout, pois age inconscientemente ao se colocar em situação  de risco e emergência pelo auto abandono. A “ajuda médica” e  “Coaching de Vida” se faz necessário e urgente. 

Tacvam Aziryfe – Master Coach

terça-feira, 12 de novembro de 2013

149 - MANGLIK - RELACIONAMENTOS







.A condição Manglik é semelhante a  um cabo de guerra que  atua nos seus relacionamentos

Um sinal Mangal no seu mapa  pode mostrar um  poderoso efeito positivo ou  negativo dependendo da  colocação dos outros arquétipos (planetas)  etc  Em minhas observações  tenho encontrado muitas pessoas Manglik Dosha .  O sinal Mangal  de  Marte, Urano, Saturno ou Lillits tem  tremenda energia e assim, no descontrole e autodesconhecimento, é que se faz a pessoa Manglik 

Se ela tiver autoconhecimento, e portanto  poder de controle,  pode  utilizar essa  mesma fonte de energia na direção correta ,  de maneira mais positiva e construtiva , sendo bem sucedida e influente. Graças a esta energia poderosa (fogo interno), a pessoa Manglik, pode comportar-se  inadequadamente como  e como um rebelde, semear muito sofrimento e dor. “A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória”. É a lei do  Kárma

Saiba que um Dosha Manglik  tem a possibilidade máxima de ser atraída par uma pessoa errada por causa desta  condição. É a lei da atração, onde semelhante atrai semelhante. Eu sempre aconselho meus clientes Manglik para ter calma, ter cuidado e não se apressar em casamento. O melhor conselho é resolver a questão antes. Sempre buscar o entendimento através do autoconhecimento  antes de firmar um relacionamento mais sério .

Esta condição  sempre afeta a vida conjugal de várias maneiras:  Cria atrasos,  rompimentos, chateações , obstáculos e confusão.  Após o casamento, um ou ambos os parceiros podem experimentar frustração, sofrimento físico , mental ou financeiro. Isso faz com que  haja desarmonia,  queixas e cobranças e pode mesmo levar à falência da relação.  Se o efeito Manglik  é muito  poderoso, vai afetar a mente, a bioquímica do corpo é afetada  produzindo desequilíbrio da saúde. Assim um dos parceiros pode ficar doente ou pode  até mesmo haver  a morte prematura de um ou ambos os parceiros.

Apesar de tudo , não se deveria  ter medo de  ser Manglik Dosha, mas, esforços devem  sim ser feitos para  que a pessoa   possa se  libertar-se deste karma familiar.  O autoconhecimento é fundamental e, ajustes sistêmicos devem ser feitos através de Constelações  Sistêmicas Familiares, para  entender e equilibrar essa  energia  maximizando as chances do casal de levar uma vida conjugal feliz .

O que fazer? Quando o Karma Manglik  é anulado ? A questão é que você contraiu uma dívida karmica da sua ancestralidade (Grupo Familiar –Energia familiar). Sei que parece injusto. Você se pergunta, porque  eu? Que tenho à  haver com isto? Entenda: “Se hoje você contrair uma divida com o Governo e, amanhã você morre, essa dívida será transferida e cobrada dos seus ascendente (filhos) por um  juiz que apenas estará cumprindo a lei”. No Universo ocorre o mesmo, quite a dívida energética dos antepassados que tudo fica bem. A divida é a falta de autoconhecimento  que existe ou existiu  em seu grupo familiar,



Saia do auto abandono, saia do “auto-desconhecimento”, saia da zona de conforto. Você não é apenas você, pois sua ancestralidade está presente em você “agora”. Ela pede que você traga um resgate energético (cura) para a sua família espiritual.  Busque o  seu autoconhecimento, faça  seu mapa PsicoAstrológico, entenda suas “Quadraturas”. Torne-se consciente de como você funciona, Estude  seu manual de funcionamento (mapa) pois você só pode ter poder sobre aquilo que conhece. Assim é que o Manglik Dosha  pode livrar-se do Karma familiar   trazendo cura energética, atingindo a felicidade , prosperidade, amor,  filhos , saúde e amigos. 



Tacvam – Coach e Astrólogo

terça-feira, 24 de setembro de 2013

148 - MEDITAÇÃO COM PNL - MÉTODO CIENTÍFICO





MINDFULNESS  COM  PNL – PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA

A vida só  faz sentido se você  é feliz. “Não importa o que você tem, onde você está, ou o que está fazendo, o que importa mesmo  é o que você pensa sobre tudo isso". O processamento mental faz toda a diferença no viver bem e feliz. A única realidade na linha do tempo é “agora”, portanto é fundamental que você aprenda a  ter foco  no “agora” através da meditação para ter qualidade de vida e ser feliz.


Durante a prática da Meditação usando técnicas de PNL – Programação Neurolinsguistica a mente analítica se aquieta naturalmente e passa para um estado de “expansão da consciência ”, o estado alfa, onde ela é silenciosa ainda que completamente focada e alerta. Paralelamente se obtém uma profunda resposta de relaxamento físico. Verifica-se melhora na atividade do córtex pré-frontal  “CEO” (Central Executive Officer, em outras palavras o diretor do cérebro), que governa  as funções estratégicas como planejamento, tomada de decisões, solução de problemas e julgamentos.

Quais são os benefícios da meditação com PNL?

Na meditação o estado paradoxal de “repouso da mente em total alerta” liga sinapses  que induzem estados  que liberam serotonina, endorfina e dopamina, hormônios que  reduzem o estresse acumulado no  dia a dia. Meditar  proporciona insights de criatividade e melhoria geral da saúde, como relatam as pessoas que praticam essa  técnica  regularmente.  15 minutos de meditação equivale a  1 ½ hora de sono, revigoramento, regeneração, paz e tranquilidade. Nos dias atuais você  parar por alguns minutos para pensar, e não pensar em nada, apenas “ser”, não tem preço é tudo de bom!.

Há evidência científica para mostrar que a meditação funciona?


No mundo inteiro há mais de inúmeras universidades independentes e  instituições de pesquisas, incluindo Harvard Medical School, Cornell Medical School, University of Michigan Medical School, e UCLA Medical School, que produzem estudos científicos sobre os benefícios da meditação. Periódicos renomados como o Hypertension and Stroke da American Heart Association, e o Archives of Internal Medicine da American Medical Association e o Scientific American Science, publicam matérias sobre a importância da meditação. O National Institutes of Health tem financiado estudos sobre os efeitos benéficos da meditação nas doenças cardíacas, hipertensão, AVC e outras patologias da vida moderna.
 

Quais são os benefícios da meditação com PNL?


Na meditação o estado paradoxal de “repouso da mente em total alerta” liga sinapses  que induzem estados  que liberam serotonina, endorfina e dopamina, hormônios que  reduzem o estresse acumulado no  dia a dia. Meditar  proporciona insights de criatividade e melhoria geral da saúde, como relatam as pessoas que praticam essa  técnica  regularmente.  15 minutos de meditação equivale a  1 ½ hora de sono, revigoramento, regeneração, paz e tranquilidade. Nos dias atuais você  parar por alguns minutos para pensar, e não pensar em nada, apenas “ser”, não tem preço é tudo de bom!.


Há evidência científica para mostrar que a meditação funciona?


No mundo inteiro há mais de inúmeras universidades independentes e  instituições de pesquisas, incluindo Harvard Medical School, Cornell Medical School, University of Michigan Medical School, e UCLA Medical School, que produzem estudos científicos sobre os benefícios da meditação. Periódicos renomados como o Hypertension and Stroke da American Heart Association, e o Archives of Internal Medicine da American Medical Association e o Scientific American Science, publicam matérias sobre a importância da meditação. O National Institutes of Health tem financiado estudos sobre os efeitos benéficos da meditação nas doenças cardíacas, hipertensão, AVC e outras patologias da vida moderna.

 
”Quando a  mente  se abre a uma nova ideia jamais volta ao tamanho original”. A meditação não requer mudança no estilo de vida, contudo induz mudanças espontâneas  em consequência da expansão da consciência. Em tudo a consciência é a melhor resposta, o fator de transformação.


É correto dizer que qualquer método produz bons resultados?

Meditação não é relaxamento embora o relaxamento faça parte da meditação.
O método nada tem nada a ver com bases ou princípios religiosos. Nenhuma crença ou mudança de crenças é requisito para a Meditação com PNL. Mesmo que você seja 100 % cético, ainda assim a técnica vai funcionar, pois a metodologia é científica e comprovada. Você pode ter acesso a todos os benefícios, basta praticar 15 minutos diariamente, o que o torna acessível a qualquer pessoa por mais  cética que seja.


A Meditação ajudar a preservar a saúde, bem estar e qualidade de vida?

Evidências científicas publicadas no Archives of Internal Medicine  e no American Journal of Hypertension mostram que a meditação reduz a “síndrome metabólica”, hoje  a maior causa de doenças e mortes. A meditação proporciona redução marcante da pressão alta, ansiedade, depressão, insônia, e outras somatizações  relacionadas ao estresse.


 È possível aprender Meditação sem auxílio de um mestre?


Nada substituí a experiencia. Dificilmente a meditação pode se iniciada de forma simples e descomplicada sem ajuda profissional, pois demanda sempre quebra de paradigmas  para interiorizar as técnicas com sucesso. Você não precisa aprender a meditar, pois meditação é um estado natural da mente. O que se faz necessário é “desaprender” condicionamentos que impedem a manifestação do estado meditativo. Para isso, um mestre experiente é indispensável, pois ele pode indicar  o ajuste na técnica para atender ao sistema neural do interessado com base na  experiencia e conhecimento.

 
O curso básico é uma vivência/dinâmica que torna fácil  o aprendizado em apenas 4 horas. Feito o “ajuste inicial” do método Meditação Fácil Mindfulness com PNL ao sistema neural do  aluno,  basta apenas  praticar o exercício diário de  15 minutos  utilizando as “ferramentas ajustadas”. Fica a disposição do aluno um canal de comunicação com o Mestre, para  esclarecer eventuais dúvidas, possibilitando fazer novos ajustes nas técnicas se necessário.


O que acontece quando você medita usado técnicas de PNL?

Estudos publicados sobre o estresse mostram claramente que a meditação produz efeitos altamente benéficos para a saúde que não são produzidos por  técnicas  que  induzem apenas o relaxamento. Há sim diferenças  neurofisiológicas marcantes entre os vários métodos existentes. A pessoa deve buscar um “método sob medida” para o seu próprio sistema neural. Quando não encontra acaba desistindo, pois encontra dificuldade em entrar e manter-se no estado. O  Método Científico  é o mais  efetivo, pois sempre é calibrado para atender ao sistema neural do indivíduo, daí a “facilidade” do aprendizado.

Sou cético! O método vai funcionar para mim?

O método funciona, independente do seu ceticismo, o método é cientifico.

Tacvam Aziryfe -  Mestre de Meditação

sexta-feira, 5 de abril de 2013

147 - MEDITAÇÃO x NEUROSE









MEDITAÇÃO É  RECEPTIVIDADE

Quando você para de buscar respostas agressivamente a “existência” inteira começa a verter em abundancia dentro de você, aí é que estão  todas as "programações e respostas", de todas as dimensões e de todas as direções, por isso simplesmente relaxe, espere, desfrute, em outras palavras:  “Medite”  (Osho)  -  Se não sabe aprenda! Consulte a agenda de cursos.

Como é difícil de explicar  o que é o estado meditativo conto a seguinte metáfora para que você possa entender:

Um professor de filosofia foi ao Mestre Zen Nan-in  e perguntou-lhe sobre meditação e tantas coisas... O Mestre escutou-o  silenciosamente e então disse: “Você chega com muitas perguntas em sua bagagem, vem de um lugar distante e subiu esta alta montanha, parece cansado! Deixe-me primeiro lhe servir um chá.”    

Enquanto esperava o professor fervia em questionamentos e o Mestre permanecia em silêncio. Finalmente quando o samovar estava assobiando e o aroma do chá se espalhava pelo ar, o Mestre interrompeu-o e disse:  “Espere! Não tenha pressa. Quem sabe? Talvez até mesmo bebendo chá suas perguntas possam ser respondidas.”

O professor começou a pensar que talvez toda aquela jornada fora um grande desperdício. “Este homem parece ser meio doido. Como pode minhas pergunta serem respondidas  bebendo-se chá... seria droga?”

O Mestre trouxe a chaleira. Despejou o chá na xícara  e o chá começou a trasbordar para o pires, mas ele  continuou despejando. Então o pires também ficou cheio, e  apenas uma gota a mais  verteria  o chá ao chão. O professor inconformado disse:  “Pare! O que  está fazendo? Não vê que a xícara está cheia, que o pires está cheio?”

Nan-In, o mestre, respondeu: “Está é exatamente a situação em que você se encontra agora. Sua mente está tão cheia de perguntas, que mesmo se eu as respondesse, você não tem espaço para que as respostas entrem em você. E lhe digo, desde que entrou nesta casa suas perguntas estão trasbordando por todos os lados. Esta pequenina cabana está cheia com suas perguntas. Volte uma próxima vez, crie primeiro um pouco de espaço dentro de si.”

Vez por outra também a mim chegam pessoas cheias de perguntas, incrédulas quanto a ao "Método Fácil  com PNL" que utilizo para "vivênciar a meditação", pois  ainda  não  o conhecem...A situação é a mesma da  metáfora...Se for seu caso “Volte uma próxima vez, crie antes um pouco de espaço dentro de si e lhe ensinarei a meditar com a PNL.”

Tacvam Aziryfe - Autor  Método Fácil de Meditação com PNL - Programação Neurolinguística

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

146 - CRIANÇA INTERIOR EXISTE?





Será que nossa criança interior  ainda está viva, presente nos bastidores da nossa vida? 


A energia de uma criança ainda é original, portanto “livre de bloqueios”. Sua vitalidade, disposição, coragem, expressão e movimento deveriam ser IGUAIS em você  “agora" mesmo considerando que  você tenha se tornado um "adulto chato", afinal você teve infância e tinha tudo aquilo em abundancia. Não importa o que tenha acorrido, o fato é que a nossa criança interior "ninguém mata".


Não existe nada mais belo e natural do que a criança interior de todos nós: Ela é sensível, espontânea, livre, alegre e até selvagem e forte. Tem muita intuição, pois sabe em quem confiar ou não. Gosta de brincar, fazer amigos e de descobertas. Tudo isso é potência e recursos que podem e devem ser alavancados para uma vida adulta feliz e próspera. 

Mas onde está toda essa maravilha, onde em você ela se perdeu?
Pais e educadores nem sempre estão preparados ou têm estrutura para educar (programar) a criança e ao mesmo tempo preservá-la. Assim, à medida que o tempo passa, a criança começa a ter que prestar menos atenção as suas vontades naturais e cada vez mais aos interesses dos adultos. Se não se enquadrar passa a ser punida e/ou rejeitada. Seus “pais”, que são pessoas normais com suas neuras, autodesconhecimento, necessidades e medos, começam a sufocar a energia e os impulsos naturais de sua criança interior. Uns mais contundentes usaram castigos de todas as ordens, outros persuasivos se utilizaram de outros elementos para manipular e programar. Alguns se excederam nos cuidados, enquanto outros negligenciaram ou negaram o seu papel de pais, mas tudo isso foi segundo as suas possibilidades do momento. Cada um faz o melhor que pode. Os pais e o filho quando se percebe “inadequado”, “diferente”, “um estorvo”, decide esconder ou negar o que verdadeiramente pensa e sente e passa a criar um EU ideal para o ambiente. O ato de mentir ou negar a si mesmo passa a ser uma coisa normal, necessária e até desejável, sem a consciência de que está se afastando de suas verdadeiras potencialidades, dos seus recursos naturais, da sua singularidade, da sua luz. E na maioria das vezes segue assim por toda a vida.

Você pode achar que isso não é muito importante, “pensa que já passou”, mas a verdade é que você apenas bloqueou tudo isso, aprisionou a sua criança interior no porão da sua alma. Mas ela está viva, querendo se libertar e busca chamar sua atenção. Quando ignoramos os nossos verdadeiros sentimentos e intuições estamos a ignorar a nossa Criança Interior e sua necessidade de expansão. Ela querendo chamar sua atenção passa à condição de sabotadora de seus desejos; e sabe como ninguém como fazer isso.

Assim, para ser um adulto que crescer integral e harmoniosamente precisamos tomar consciência do que se passou lá atrás e reconhecer que tivemos sentimentos ruins e que os bloqueamos. Só assim poderemos ser CONSCIENTES, MADUROS, RESPONSÁVEIS e LIVRES para escolher o melhor em cada momento, vivendo com muito mais confiança em lugar das “limitações do passado”. Podemos viver a realidade do nosso “agora” com todas as suas múltiplas possibilidades, na posse de todos os nossos recursos e potenciais, que são abundantes.

Vamos lá!! Neste Dia da Criança se dê de presente a ela que há tanto tempo espera por você. Tome-a em seus braços e dê a ela tudo que ficou faltando, reconhecimento o mais verdadeiro amor, carinho, apoio, incentivo, e seja para ela a melhor e a mais segura companhia. 

Caso você na sua vida adulta não consiga resgatar a beleza, espiritualidade, força e energia contidas na sua criança interior, com certeza você vai ser um adulto infeliz, sem graça , sem energia e sem criatividade. A boa noticia é que  o processo de Coaching de Vida ou Coaching de Autoconhecimento é uma excelente opção de  resgate e desenvolvimento da sua criança interior possibilitando curá-la e integrá-la no seu “agora adulto”, tornando-se  assim uma pessoa integrada, plena e muito mais feliz. Recomendo fazer Coaching e pode fazer comigo se desejar, basta marca uma entrevista de avaliação do seu caso

É justo e merecido este encontro que vai proporcionar a você uma vida adulta plena, muito mais feliz e saudável, reconhecendo e se surpreendendo a cada dia com a revelação desta presença em você. SUA CRIANÇA INTERIOR livre, trazendo entre outras coisas a sua verdade, espontaneidade, leveza e alegria de viver. Felicidades!!!! 

Disponibilizado por  Tacvam Aziryfe e Roselake Leiros (Coachs)